Notícia

Concurso PM SP edital oferta 200 vagas para Oficial e iniciais de R$4,8 mil!

Saiu o novo edital do concurso público da Polícia Militar de São Paulo para o cargo de Oficial. Ao todo, o Concurso PM SP Oficial oferta 200 vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO).

As oportunidades exigem nível médio de formação, além de:

idade mínima de 17 (dezessete) anos; ter idade máxima de 30 (trinta) anos de idade, exceto
para o candidato pertencente aos quadros da Polícia Militar do Estado de São Paulo; ter estatura mínima, descalço e descoberto, de 155 cm (cento e cinquenta e cinco centímetros), se mulher; e 160 cm (cento e sessenta centímetros), se homem.

Durante o Curso de Formação, o aprovado faz jus a uma remuneração básica inicial de R$ 4.833,27, sendo composta da seguinte maneira:

  • Padrão no valor de R$ 2.023,80;
  • Regime Especial de Trabalho Policial (RETP), previsto na Lei nº 10.291/68, no valor de R$ 2.023,80; e
  • Insalubridade, prevista na Lei Complementar nº 432/85, com alterações da Lei Complementar nº 1.179/12, no valor de R$ 785,67.

Resumo do concurso PM SP Oficial 

  • Órgão: Polícia Militar do estado de São Paulo 
  • Banca: Vunesp
  • Cargos: oficial 
  • Vagas: 200 
  • Escolaridade: nível médio 
  • Salários iniciais de R$ 4.833,27
  • Inscrições: de 12/6 a 11/7
  • Prova: 18 de agosto
  • ACESSE AQUI O CURSO PREPARATÓRIO

As inscrições deverão ser realizadas no site www.vunesp.com.br, no período das 10h00 de 12 de junho de 2024 às 23h59 de 11 de julho de 2024, ao custo de R$ 150,00.

A seleção dos candidatos inscritos no edital PM SP se dará mediante aplicação das seguintes etapas:

  • Prova Objetiva (Parte I), de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o conhecimento do candidato para o desempenho das atribuições e versará sobre o conteúdo programático constante no “Anexo B”;
  • Prova Dissertativa (Parte II), de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar a capacidade do candidato de produzir uma redação que atenda ao tema e ao gênero/tipo de texto propostos, além de seu domínio da norma culta da língua portuguesa e dos mecanismos de coesão e coerência textual;
  • Exames de Aptidão Física (Capítulo IX), de caráter eliminatório, visam avaliar o desempenho físico do candidato, que deverá obedecer aos padrões exigidos para o cargo;
  • Exames de Saúde (Capítulo X), de caráter eliminatório, os quais visam avaliar as condições de saúde do candidato;
  • Exames Psicológicos (Capítulo XI), de caráter eliminatório, visam identificar características de personalidade, aptidão, potencial e adequação do candidato ao perfil psicológico estabelecido para o cargo;
  • Avaliação da Conduta Social, da Reputação e da Idoneidade (Capítulo XII), de caráter eliminatório, visa à apreciação da conduta social, reputação e idoneidade do candidato, em sua vida pregressa e atual em todos os aspectos da vida em sociedade, quer seja social, moral, profissional, escolar, quanto à compatibilidade para o exercício do cargo;
  • Análise de Documentos (Capítulo XIII), de caráter eliminatório, tem por finalidade analisar os documentos apresentados pelos candidatos para comprovação dos requisitos e condições para ingresso.

A Prova Objetiva (Parte I) tem data prevista para realização em 18 de agosto de 2024, no período da tarde.

A Prova Objetiva (Parte I) constará de 80 (oitenta) questões de múltipla escolha com cinco alternativas cada uma, sendo apenas uma alternativa correta, de acordo com o conteúdo programático constante do “Anexo B”:

Ciências Humanas e suas Tecnologias – 20 (vinte)
questões, sendo:
1.1.1.1. História: 6 (seis) questões;
1.1.1.2. Filosofia: 4 (quatro) questões;
1.1.1.3. Sociologia: 4 (quatro) questões;
1.1.1.4. Geografia: 6 (seis) questões;

Linguagens e Códigos – 24 (vinte e quatro) questões,
sendo:
1.1.2.1. Língua Portuguesa e interpretação de texto: 18
(dezoito) questões;
1.1.2.2. Língua Inglesa ou Espanhola: 6 (seis) questões;

Matemática e Ciências da Natureza – 30 (trinta)
questões, sendo:
1.1.3.1. Matemática: 12 (doze) questões;
1.1.3.2. Física: 6 (seis) questões;
1.1.3.3. Química: 6 (seis) questões;
1.1.3.4. Biologia: 6 (seis) questões;

Conhecimentos Específicos – 6 (seis) questões, sendo:
1.1.4.1. Noções de Administração Pública: 2 (duas) questões;
1.1.4.2. Noções Básicas de Informática: 4 (quatro) questões

A Prova Dissertativa (Parte II), com data prevista para aplicação em 18 de agosto de 2024, será realizada no mesmo período e local da Prova Objetiva (Parte I), devendo o candidato administrar o tempo de realização das provas. A Prova Dissertativa (Parte II) será composta de uma redação, na qual se espera que o candidato produza um texto dissertativo-argumentativo (em prosa), de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, a partir da leitura e compreensão de textos auxiliares, que servem como um referencial para ampliar os argumentos produzidos pelo próprio candidato. Ele deverá demonstrar domínio dos mecanismos de coesão e coerência textual, considerando a importância de apresentar um texto bem articulado.

A Prova Dissertativa (Parte II) será composta por uma redação, a ser avaliada na escala de 0 (zero) a 20 (vinte) pontos; Na Prova Dissertativa (Parte II) será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 10 (dez) pontos.

Posts Relacionados